terça-feira, janeiro 31, 2012

O menino que se chamava amor 
Todos passeavam à procura de um pequeno e ingênuo menino chamado AMOR.
AMOR andava sempre pela cidade, sem se preocupar com os outros, com as pessoas que andavam ao seu lado ou a que horas voltaria para casa.
AMOR vivia escapando das responsabilidades, tirava muita gente do sério, porque queria sair e se divertir.
AMOR nunca andava sozinho, estava sempre bem acompanhado.
AMOR sempre foi muito simpático e encantador, falava com todos, mesmo não sabendo no que daria.
AMOR sempre reclamava que diziam que ele não prestava, ou que só fazia os outros sofrerem.
Existiam pessoas que nunca quiseram conhecer o coitadinho do AMOR.
AMOR sabia que nem sempre levava a alegria à todos, mas ele sabia que não era ruim.
AMOR se descrevia como aquele cara, mal interpretado que penetra e aniquila corações, um misto de anjo e monstro, de felicidade e sofrimento, que todos sabem que existe, Mas que só alguns têm o privilégio de conhecê-lo... 
E você como esta de amor? Bem, então aproveite
e faça da sua vida uma felicidade. Se esta procurando
o amor, não se apresse ele chega assim devagar...
de mansinho e vai ficando no seu coração...



Linda mensagem que recebi do amigo Jorge Cardelis...compartilhando com meus anjos!!!


Beijos na alma!!!! ;-)




                                          



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anjo, deixe seu comentário..será lido com todo carinho!!!
Obrigada pela sua visitinha, seja bem vinda (o) todas as vezes que retornar!
Beijos na alma! ; )